---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Agricultura

Publicado em 07/02/2014 às 10:43

O município de Atalanta, predominantemente agrícola, tem 500 propriedades rurais, com 2.700 ha. de área cultivada. Os principais produtos são a cebola, milho, feijão e fumo. As hortaliças e verduras estão começando a se impor como alternativa comercial, através da Associação dos Agricultore da Comunidade de Alto Dona Luiza, com destaque para os produtos cultivados sem agrotóxicos. Na pecuária destaca-se a leiteira, já com um promissor mercado de comercialização.

Estrutura fundiária

A estrutura fundiária do município é caracterizada pela existência de pequenas e médias propriedades.

  • 5 a 10 ha representam 38% do total;
  • 10 a 20 ha representam 35% do total;
  • 20 a 50 ha representam 25% do total;
  • 50 a 100 ha representam 2% do total;

Detecta-se que a maioria dos estabelecimentos são de propriedade dos produtores rurais:

  • 85,6% - proprietário;
  • 14,1% - arrendatário;
  • 0,3% - locatário.

Produção Agrícola

A principal atividade exploratória em termos de área plantada é a cultura de milho com 37%, seguida da cebola com 35%, o fumo com 21%, pelo feijão com 4%, hortifrutigranjeiros e outros somando 3%.

A cultura do milho, apesar de ter a maior área plantada no município, não se caracteriza como a principal fonte de renda direta dos agricultores, pois a maior parte da produção é consumida nas próprias propriedades.

A cultura da cebola apresenta baixa produtividade, ou seja, uma média de aproximadamente 15 toneladas/ha. Isto deve-se a fatos como falhas no sistema de produção e armazenamento.

O fumo é a segunda cultura de expressão do município sendo cultivada sob o sistema de integração com indústrias fumageiras da região. Já o feijão tem menor área, distribuídas entre safra e safrinha, porém sua comercialização tem maior expressão.